Facebook Twitter Youtube Flickr
Rede Corporativa
Santos - São Paulo - Brasil, 27 de maio de 2018.

Vídeos

 
 
10/05/2018
Notícias
Governador certifica oito MITs da região de Sorocaba
Nesta quinta-feira de (10/05), o governador Márcio França esteve na cidade de Sorocaba para certificar oito cidades como MIT (Município de Interesse Turístico) - Boituva, Bofete, Cesário Lange, Laranjal Paulista, Pardinho, Itararé, Ribeirão Grande, São Miguel Arcanjo. Além de assinar convênios referentes a Secretaria de Planejamento e Gestão do Estado de São Paulo.

“Turismo não é mais uma atividade de lazer hoje em dia. É atividade financeira, econômica. É a atividade que mais gera emprego em todo o mundo. Quase 5% do PIB no Brasil é gerado pelo Turismo”, afirmou França durante discurso.

Representando a Secretaria de Turismo do Estado de São Paulo, Nanci Cortazzo ressalta a importância do segmento “A certificação dos MITs autentifica ainda mais a política pública voltada ao Turismo, demonstrando a importância que Estado de São Paulo dá para o desenvolvimento dessa atividade econômica que cresce a cada dia".
Veja os principais atrativos dos oitos Municípios de Interesse Turístico que receberam os certificados:
 
Cesário Lange - 17 mil habitantes
Cesário Lange esta 148 km de São Paulo, pela Rodovia Presidente Castelo Branco – SP 280, Tatuí 20 km, Sorocaba 70 km e Tietê 60 km. Origem a que deu a Cesário Lange começou a se formar com o estabelecimento de algumas famílias que haviam adquirido terras pertencentes ao fazendeiro José Inocêncio. O povoado recebeu, inicialmente, o nome Passa Três e, depois de um certo desenvolvimento, tornou-se distrito do município de Tatuí e recebeu a denominação atual. Somente em 1959 conquistou sua autonomia municipal. Significado do Nome, Cesário Lange Adrien - primeiro professor. Cidade que encanta à primeira vista com sua paisagem urbana. Atrações surpreendentes fazem parte da localidade. Limites: Cerquilho, Laranjal Paulista, Pereiras, Quadra e Tatuí. Principais Pontos Turísticos: O rio Sorocaba é um atrativo natural e um belo ponto turístico do município, ponto de encontro da população local nos finais de semana. Museu do Engenho, o museu do engenho, é um ótimo ponto turístico para quem quer conhecer a história de Cesário Lange. O pesqueiro para quem quer passar uma tarde de domingo com tranquilidade. Fica próximo a cidade e de fácil acesso. O destaque fica por conta da Hospedagem, uma rede de Hotéis, Resort, Convention,  Spa e Pousadas de luxo, alta qualidade e muito charme.
 
Laranjal Paulista - 27 mil habitantes
A atração dos turistas pelo município se dá por causa do forte turismo rural e gastronômico, com influência italiana, portuguesa, síria e libanesa. O roteiro oferece visita a torrefação de café, a fabricação de destilados, a uma fábrica de doces orgânicos e a pesqueiros.
O turismo rural em Laranjal Paulista é privilegiado, ainda, pela Microbacia Hidrográfica da região, com o encontro dos rios Tietê e Sorocaba, sem contar com trilhas ecológicas, passeios de balsa pelo Tietê, visita às fazendas históricas e a sítios, como o Criatório Ximbó, com criação de mulas, onde alguns animais do plantel chegam a custar 40 mil reais.
 
Bofete -  11 mil habitantes
A 192 km da capital de São Paulo, a cidade preserva e valoriza a cultura regional realizando festas tradicionais e religiosas que atraem milhares de visitantes, Outro destaque da região é sua participação no Circuito Polo Cuesta que incentiva o turismo em lugares que possuem formações rochosas e preserva a fauna e flora. Para quem ama esse tipo de passeio, vale a pena conhecer a atração chamada Três Pedras.
O turista pode visitar as fazendas centenárias dos tempos áureos do café, realiza caminhada ecológica pelo Vale do Estreito, com cachoeiras, e finaliza no conjunto rochoso que se assemelha a um gigante deitado, formado pela erosão do solo e pelo vento.  Eventos como a Festa do Divino, a Festa da Padroeira, o aniversário da cidade, o Festival Carreirinho de Música Raiz, entre outros são destaque na cidade.
 
Pardinho – 6 mil habitantes
Fundada basicamente por imigrantes italianos e portugueses que buscaram a região por seu clima ameno – subtropical serrano. Sua localização de difícil acesso devido a formação da Cuesta basáltica favorece um desenvolvimento mais lento o que lhe proporcionou "ares de cidade pequena" até os dias de hoje. Cultivando suas tradições nas festas ligadas a agricultura, como Baile da Tuia, os festivais de música de raiz como FESMURP, os desafios afiados de seus famosos Cururueiros proporcionando uma peculiar cultura caipira da cuesta. Os inúmeros e místicos causos que envolvem os personagens da sua história encantam qualquer ouvinte. Esta mesma formação geográfica confere-lhe beleza exuberante, situada na sub- bacia do Paranapanema na área de recarga do Aqüífero Guarani com inúmeras nascentes e cachoeiras. Pertencente a APA – área de Proteção Ambiental possui áreas com mata nativa de fauna e flora diversificada devido ao trecho de transição entre a Mata Atlântica e o Cerrado com a estonteante vista panorâmica do Gigante adormecido tendo seu ponto mais alto a 1032 m de altitude formando trilhas radicais para os esportes de aventura como Cicloturismo & Trilhas, Turismo Rural, montain bike, rapel, asa delta, paraglaider e balonismo. Intensa vida cultural com eventos todo fim de semana.
 
Itararé – 50 mil habitantes
A cidade é cheia de belezas, cenários impressionantes e ideais para quem procura um local tranquilo para relaxar. O município fica localizado na região sudoeste do estado de São Paulo, fazendo divisa com o estado do Paraná. O nome da cidade é de origem tupi-guarani e significa “pedra que o rio escavou”. O turismo vem crescendo bastante na região. A natureza da cidade faz com que o ecoturismo se desenvolva, e oferece belas paisagens e entre elas estão as várias cachoeiras e canyons, bastante propícias à prática de esportes radicais, como bons trekkings, o bóia cross, canionismo, mountain bike e o rapel. Entre as outras atrações, estão o Parque Ecológico da Barreira, a Estância Vale do Paraíso, Trilha do Segredo, Cachoeira do Lajeado Grande e a Cachoeira do Corisco. O rio Itararé, que corta o município nasce a 45 quilômetros da cidade. O rio vence os desníveis rompendo as rochas de arenito da região e chega até a região do Corisco. O rio e a natureza fizeram uma obra maravilhosa com os canyons, grutas, fendas, túneis, cachoeiras, cascatas, chuveirinhos e minas de águas cristalinas. Itararé tem ainda, a maior área de reflorestamento artificial do Brasil e está numa região cujo conjunto é a terceira maior área do mundo. Desmembrada da antiga Fazenda da Faxina, hoje Itapeva, Itararé teve momentos de importância na história paulista e brasileira: parada obrigatória dos tropeiros que vinham de Viamão no Rio Grande do Sul em direção à Sorocaba, fato que propiciou as condições para o nascimento da cidade; foi o maior entreposto madeireiro da América Latina. O turismo, que desponta como uma nova opção, tendo na Gruta da Barreira um grande ponto de referência no Estado de São Paulo. A natureza pródiga com os recursos que dotou a região do Vale do Itararé.
 
Ribeirão Grande – 7.600 habitantes
A 245 km da capital, a cidade conseguiu recuperar o que tem de melhor: um extenso corredor de Mata Atlântica, repleto de trilhas com bromélias e orquídeas, cavernas e cachoeiras. Este é o Parque Estadual Intervales um modelo em termos de serviço de monitoria e organização na estrada que leva à área de preservação. O povoado de Ribeirão Grande surgiu a partir da vinda de dois irmãos Manoel Nunes Ferreira e Francisco Nunes Ferreira, que ergueram suas casas as margens do rio Ribeirão que mais tarde deu origem ao nome do município. O Ribeirão dos Cruzes surgiu primeiro que Ribeirão Grande, uma característica bastante peculiar que podemos notar é que a família ribeirão-grandense são descendentes de portugueses.
 
São Miguel Arcanjo – 32 900 habitantes
A cidade de São Miguel Arcanjo, esta inserida no Maior Contínuo de Mata Atlântica, denominado Contínuo de Paranapiacaba, o principal patrimônio ecológico de um bioma único, no qual vem se destacando nas práticas do Ecoturismo, dado a grande importância dos Parques, que são os grandes impulsionadores desta prática, que pode ser vivenciada, através de atividades como: Trilhas, Bóia Cross, Observação de Aves, Visitas a Cachoeiras, entre outras atividades.
Também podem ser praticadas as atividades de Turismo Rural devido a sua grande produtividade de frutas, no qual se possibilita a vivência de campo, através do Colha e Pague, e a Rota do Vinho. E atualmente devido a elevação da cidade a Santuário de São Miguel Arcanjo, o turismo religioso vem se destacando.



Atalhos da página

  • Feliz Aniversário


  • Eventos do mês


     
  • Galeria de Fotos

     

Parceiros

AV. ESCOLA POLITÉCNICA,82
JAGUARE - SÃO PAULO, SP - CEP: 05350-000
TEL: (11) 3718-6500 -
SEG À SEX DAS 9H ÀS 18H
Rede Corporativa e-Solution Backsite