Anhembi

Fundada às margens do Rio Tietê, Anhembi está a 240 km de São Paulo e faz parte do Roteiro Turístico Pólo Cuesta. A cidade, com 6.819 habitantes (IBGE, 2020), encanta seus visitantes com suas tradicionais festas, beleza natural e hábitos culturais. Vale ressaltar que a cidade que se tornou MIT (Município de Interesse Turístico) em maio de 2019, hoje é conhecida pelo país todo pela Festa do Divino, maior evento turístico religioso da cidade que recebe anualmente cerca de 50 mil pessoas, que enchem as ruas em um ato de fé e devoção ao Espírito Santo.  As festividades são realizadas há mais de 150 anos e integram o calendário oficial de eventos do Estado de São Paulo desde a década de 80.

Esta é uma comemoração intensa. Todos os anos fiéis passam de casa em casa levando a bandeira do Divino e cantando músicas tradicionais. A peregrinação dura nove dias e o ápice da festa ocorre após a missa quando as pessoas vão a cerimonia do Encontro das Canoas, onde é realizada a travessia do Rio Tietê, utilizando barcos e dois batelões. A festa ainda conta com fogos de artifício que simbolizam o Pentecostes, a vinda do Espírito Santo.  Ainda sobre as atividades religiosas da cidade, a Casa do Divino Espírito Santo, sede da Irmandade do Divino, onde acontecem as festas religiosas, bingos leilões de gado. É também o local onde pode-se encontrar um acervo de quadros com fotografias que retratam a história da Festa do Divino e o Altar do Divino com suas bandeiras e fiéis.
 

 

Anhembi Camping, às margens da represa de Barra Bonita, é opção para  pescar, praticar esportes náuticos ou só descansar
 
Para os mais aventureiros a cidade conta com alguns projetos como o Cuesta Cicloturismo, uma iniciativa do Pólo Turístico Cuesta, que nada mais é do que uma variedade de roteiros para viagens de aventura utilizando bicicletas. O projeto também possui outras modalidades, como roteiros para viagens de mochileiros, cavaleiros e pilotos automobilísticos. A Travessia Cuesta de Cicloturismo é formada por onze etapas, 520 km de percurso no total. Todos os roteiros são autoguiados e possuem sinalização personalizada.  O trajeto ainda passa por doze cidades e vilarejos que fazem parte do Pólo Turístico Cuesta. Todo o percurso é repleto de paisagens únicas, tornando a aventura muito mais especial.

Para quem busca um turismo mais histórico, a estação de Pirambóia é um importante ponto a se conhecer. Inaugurada em 1888, a estação é um dos prédios mais antigos da cidade, no qual ainda se nota traços da antiga arquitetura da Sorocabana. O monumento já foi um dos principais meios de transportes ferroviários do Brasil e hoje é um marco histórico de Anhembi. E para os amantes da natureza, o Anhembi Camping é uma boa opção bem às  margens da represa de Barra Bonita. Além de estar rodeado por uma imensa área verde, turistas e moradores podem pescar e praticar esportes náuticos. O local foi inaugurado em 1998, com a intenção de atrair mais visitantes e proporcionar lazer para os moradores.

 
Festa do Divino, maior evento turístico religioso, que acontece há mais de 150 anos, recebe cerca de 50 mil pessoas
 
Conta a história que o município de Anhembi foi fundado pelos Bandeirantes, à margem esquerda do rio Tietê. O desenvolvimento do povoado foi marcado pelo comércio interestadual feito pelos tropeiros, e inaugurou o processo político-administrativo local. Inicialmente, em fevereiro de 1866, passou à freguesia do município de Botucatu e, mais tarde, em julho de 1867, foi transferido para o município de Constituição, atual Piracicaba. A freguesia voltou a ser incorporada ao município de Botucatu em julho de 1869 e, em abril de 1891, foi transformada em vila. Em de junho de 1934, a sede do município foi transferida para Pirambóia e a cidade retornou à condição de distrito, o que perdurou até 24 de dezembro de 1948, quando o município adquiriu definitivamente sua autonomia. Os indígenas davam, ao rio Tietê, a denominação de "Anyemby" que, em português, significa rio dos Anhambus (ave abundante na região em épocas passadas). Este foi o motivo do nome da cidade.


Como chegar

Para ir até Anhembi, saindo de São Paulo, é preciso acessar a SP-280 (Rodovia Castello Branco) até a saída 143-A, a SP-141 (Rodovia Mário Batista Mori), a SP-143 (Rodovia Floriano de Camargo Barros), a SP-300 (Rodovia Marechal Rondon) até a saída do km 224 e a SP-147 (várias denominações).



 
Mais informações: www.anhembi.sp.gov.br/