Bebedouro

Os atrativos turísticos de Bebedouro, cidade da região Norte do estado paulista e distante 390 km da Capital, já estão inseridos em uma plataforma digital e este avanço já funciona desde outubro de 2019. A organização dos principais atrativos turísticos foi desenvolvida por meio de pesquisas em campo, internet e livros possibilitando que seus usuários utilizem os serviços de forma intuitiva, simples e leve. Trata-se do 1º Roteiro Digital de Bebedouro.


Com uma população estimada em 77.555 pessoas, segundo IBGE/2020, a cidade firmou parceria com o Senac para a concretização deste roteiro digital que pode ser utilizado através do acesso a QR Code, distribuídos até o momento na Igreja Matriz de São João Batista, Lago Artificial de Bebedouro e Museu de Bebedouro. Esta ação dá acesso a uma guia que conta a história de cada atrativo turístico da cidade, direcionando o usuário para um site que mostra também como o turista pode se locomover, de forma mais rápida e fácil, de um ponto a outro, além de disponibilizar para o usuário a história dos acervos e locais.
 
 


No Campanário da Paróquia de São João Batista, chamada de “Igreja Matriz”, há três históricos sinos dos séculos 19 e 20
 
 
Eis os principais atrativos de Bebedouro que é MIT - município de interesse turístico desde fevereiro de 2019 e já foi, no século passado, Capital Nacional da Laranja: o Museu de Bebedouro, mais conhecido como Museu do Automóvel, foi oficialmente estabelecido em 1964, sob a denominação de “Museu de Carros e Veículos Motorizados Antigos”, pelo empresário e colecionador Eduardo Andrea Matarazzo. Inicialmente sediado na cidade de São Paulo, em uma edificação pertencente às Indústrias Reunidas Francisco Matarazzo, o museu foi transferido para Bebedouro em 1969, por meio de convênio firmado com a Prefeitura de Bebedouro que construiu o prédio que abriga o museu até os dias atuais. O museu conserva um acervo de quase 200 peças, em que se destaca a coleção de 24 automóveis, a maioria fabricada entre as décadas de 1900 e 1950. Também há aeronaves, que vão de caças a aviões comerciais de grande porte, locomotivas, motocicletas, carros de combate e armamento bélico em geral, motores de grande porte, aparelhos de comunicação e outros objetos antigos.

A Paróquia de São João Batista, carinhosamente chamada de “Igreja Matriz”, foi a primeira paróquia criada na cidade, no início do século XIX, no ano de 1885 na Praça Barão do Rio Branco, no centro da cidade. É um local de manifestações de fé, visitação de cunho religioso, ritual e celebração. Em Bebedouro, os sinos badalam praticamente desde o início da cidade. No Campanário da Matriz existem três históricos sinos com as respectivas datas de 1887, 1895 e 1923. O órgão de tubo desta paróquia é um dos últimos em funcionamento no Brasil e encontra-se nesta cidade desde a década de 60. Sua última reforma foi no ano de 2012.


O lago artificial João Valente Filho é o ponto de encontro dos bebedourenses e visitantes. Recebeu esse nome em homenagem ao Arquiteto e Urbanista que viveu toda a sua infância e juventude em Bebedouro e faleceu em agosto de 2011. Nele encontram-se bares e restaurantes e é onde as pessoas fazem suas caminhadas, aproveitando-se também da Academia ao Ar Livre. Durante a noite, transforma-se num ponto de encontro e lazer de moradores e visitantes pela orla do Lago Artificial. Há pistas de skate, patins e bike e quadras esportivas para diferentes modalidades, inclusive com um campo de futebol.

 


 

Visão panorâmica da cidade de Bebedouro com destaque para a Praça Barão do Rio Branco
 
Além destes cenários os atrativos turísticos de Bebedouro passam pelo Teatro Municipal, Sambódromo e Aeroclube, em especial com voos de planadores. Tem mais: Parque Ecológico em uma área de oito hectares, com cerca de 20 mil espécies, entre exóticas, nativas e ornamentais, além do Horto Municipal que teve suas atividades iniciadas após a doação de 24,2 hectares de terra pela Prefeitura de Bebedouro e um complemento de mais 72,6 hectares adquiridos pelo próprio Estado.


Com a história que a cidade nasceu de um sonho a céu aberto, à beira de um córrego conhecido como “bebedor”, cuja água era procurada por tropeiros e boiadeiros, animais fatigados por longas caminhadas através do sertão. A data oficial da fundação de Bebedouro é três de maio de 1884, por ser o dia em que se lavrou a escritura de venda da primeira parte do atual patrimônio urbano. Pelo efeito de Decreto Estadual de 30 de novembro de 1944, o município de Bebedouro ficou constituído pelos distritos de Botafogo e Turvínea.


Como chegar

Para ir até Bebedouro, saindo de São Paulo, é preciso acessar a SP-348 (Rodovia dos Bandeirantes) até a saída 168, a SP-310 (Rodovia Washington Luís) até a saída 292 e a SP-326 (Rodovia Faria Lima) até a saída 379-A.

 


 
Mais informações: www.bebedouro.sp.gov.br