Divinolândia

Localizada na Serra da Mantiqueira, distante 262 km da Capital, a cidade de Divinolândia integra a Região Administrativa de São José do Rio Pardo/Mococa e já foi apenas um pequeno rancho em 1850, às margens do Rio do Peixe, onde tropeiros se instalavam. Hoje, com 11.086 habitantes, de acordo com IBGE/2020, este destino vem buscando se destacar no turismo, com um clima ameno durante o ano todo e belas paisagens,  mesmo porque é a quarta cidade mais alta do Estado de São Paulo com 1055,47 metros de altitude, segundo o Instituto de Geociências da USP (Universidade de São Paulo). Vale dizer que obteve o título de Município de Interesse Turístico (MIT) em fevereiro de 2019 e seus principais pontos turísticos são seus atrativos naturais.

Ao lado da principal fonte de renda do município que passa pela agricultura, especialmente voltada ao cultivo de batata e café, o MIT possui diversos atrativos naturais que se destacam com sua beleza e altitude, como é o exemplo do Morro do Pontal, um local com 1240 metros de altitude, sendo mirante para diversas paisagens, incluindo o Rio Pardo, localizado no bairro Pontal, distante 14 km da cidade. Outro ponto que se destaca pela altitude é o Morro do Canelá, com 1493 metros, no Bairro Campo Redondo, distante 11 km da cidade, local muito procurado pelos praticantes de mountain bike. Há também o Morro da Torre, a 1380 metros acima do nível do mar, onde se pode observar além do próprio município, as cidades de São Sebastião da Grama, Vargem Grande do Sul, São José do Rio Pardo, Tapiratiba, Caconde e outras da vizinhança.
 

A bela Cachoeira Marcílio Grespan integra o Circuito de Cicloturismo “Serras e Capelas” de Divinolândia

 
Eis as principais cachoeiras da cidade, atrativos muito procurados pelos turistas: Cachoeira Marcílio Grespan, com 45 metros de altura; Cachoeira Mário Valente; Cachoeira Quingo Forlani, com quedas d’água formadas pelas águas do Rio do Peixe, formando piscinas naturais, com muito verde ao redor e a Cachoeira do Santo, que é conhecida por suas quedas d`água em meio a muita vegetação e a maior queda passa dos 20 metros de altura,  e conta com infraestrutura para receber os turistas. Em suma: vale ressaltar que Divinolândia vem fomentando seus cenários turísticos, tanto na área religiosa, como de aventura, tendo trilhas para caminhadas, cicloturismo, cavalgadas, paisagens exuberantes, cachoeiras, off road, igrejas como a capela do Pontal e a Igreja Ecológica de São Francisco, além de uma gastronomia diferenciada, com o pão de queijo doce, considerado o produto típico do município. Desde 2019, a cidade conta com o Circuito de Cicloturismo “Serras e Capelas”, com quatro rotas que destacam atrativos turísticos como a Igreja de São Francisco, Pontal, Canelá e Cachoeira Marcílio Grespan.

Conta a história que em meados do ano de 1.850, o atual município de Divinolândia era um pequeno rancho construído à margem do Rio do Peixe, no qual pernoitavam tropeiros vindos de Caconde em demanda à Vila de Casa Branca. Nessa época, houve um pequeno incêndio, que sapecou o rancho bem como as terras que o circundavam. Foi construído pelos tropeiros, um novo rancho e o lugar passou a denominar-se Pouso do Sapecado. Antes de tornar-se município, a localidade recebia o nome de Sapecado. O município pertenceu a São José do Rio Pardo até conseguir sua emancipação no ano de 1953, com o nome de Divinolândia.



Morro do Pontal, um local com 1240 metros de altitude, sendo mirante para diversas paisagens, incluindo o Rio Pardo
 
Como chegar

Para ir até Divinolândia, saindo de São Paulo, é preciso acessar a SP-348 (Rodovia dos Bandeirantes) até a saída 47, a SP-330 (Rodovia Anhanguera) até a saída 86, a SP-083 (Rodovia José Roberto Magalhães Teixeira), a SP-065 (Rodovia Dom Pedro I) até a saída 133, a SP-340 (diversas denominações) até a saída do km 200, a SP-344 (Rodovia Rubens Leme Asprino) até a saída 224-B, a SP-344 (Rodovia Dom Tomás Vaqueiro) até a saída do km 243, a SP-344 (Rodovia Lourival Lindório de Faria) e no trevo do km 260 sair à direita e seguir por mais 16 km.


Mais informações:  www.divinolandia.sp.gov.br