Icém

Distante 495 km de São Paulo, está a pequena Icém localizada na região norte paulista, fazendo fronteira com Minas Gerais e separada deste Estado pelas águas do Rio Grande. Com o selo de Município de Interesse Turístico – MIT, desde março de 2019, Dois enormes rios em volume d’água doce estão presentes em Icém, o Grande e o Turvo, o que torna essa região muito procurada para a prática de pesca, bem como pelos banhistas, atraídos por este destino nos limites do Estado.

Icém tem uma população estimada, pelo IBGE/2020, de 8.304 habitantes é toda pavimentada e conta com boa infraestrutura para receber visitantes. Seus equipamentos turísticos são conhecidos, como a Praia Mariana (no km 496 da SP-322), um dos locais mais visitados da cidade. Sua praia fluvial dispõe de quiosques com churrasqueiras, banheiros, área de camping, restaurante para 400 pessoas e cardápio diversificado com peixes locais, área de banho e pesca. O local possui serviços para pescadores, alugando botes, canoas e batelões (um tipo de píer que fica localizado em áreas mais profundas dos rios, onde se pode passar o dia todo pescando), com delivery para entregar alimentos e bebidas via barco, com pedidos feitos por telefone.
 
 

A bela Praia Mariana um dispõe de quiosques com churrasqueiras, área de camping, área de banho e pesca
 
Ainda no Rio Grande, a Usina de Marimbondo, que foi construída entre 1971 e 1977, fica na divisa entre as cidades de Icém e Fronteira (em Minas Gerais), produzindo um imenso lago artificial com águas calmas e profundas. O vale do baixo Rio Grande, onde se encontra Icém, recebe regularmente um contingente numeroso de turistas interessados no lazer náutico-desportivo, na pesca ou à procura de sossego em ambientes rurais. Para completar a diversidade de atrativos turísticos de Icém, também estão à disposição dos visitantes o Desertinho, a jusante da barragem de Marimbondo e seu lago artificial, a Vila e os Cânions da Usininha, bem como a Mata da Água Doce. Mas a cidade também tem eventos que atraem turistas o ano todo.

Conhecida como “a Princesa do Vale”, Icém promove um Carnaval que traz 15 mil pessoas para assistir aos desfiles e é tido como um dos melhores do interior paulista. Por sua vez, a Festa de Peão de Rodeio de Icém, que acontece em setembro, está entre as seis melhores festas das pequenas cidades do Brasil, com shows com grandes duplas locais, provas de peões consagrados, montarias em touros, encontros de comitivas, boates com DJs e praças de alimentação. Os tropeiros também carregam com muito orgulho o nome da cidade, palco de cavalgadas das comitivas bem como de Campeonatos da Queima de Alho. Icém, que é município desde 1953, mostra que o Turismo Rural e de Pesca são duas forças do interior paulista. A origem do nome de Icém da língua tupi-garani significa "água doce", antiga denominação do município, sendo que este nome foi dado pela presença de dois grandes rios em volume de água doce, o Grande e o Turvo.

 


A cultura sertaneja faz parte de Icém com comitivas que participam de cavalgadas e da famosa Queima do Alho 

 
Como chegar

Para ir até Icem, saindo de São Paulo, é preciso acessar a SP-348 (Rodovia dos Bandeirantes) até a saída 168, a SP-310 (Rodovia Washington Luiz) até a saída 292, a SP-326 (Rodovia Faria Lima) até a saída 379-C e a SP-322 (Rodovia Armando Salles de Oliveira) até a saída do km 498,5.


 
Mais informações: www.icem.sp.gov.br