Itápolis

No interior de São Paulo está localizada Itápolis, uma das 26 cidades da Região Turística Centro Paulista, que apresenta potencial para o desenvolvimento da atividade turística com variados recursos naturais e histórico-culturais. Distante 360 km da Capital e integrante da região de Araraquara, possui uma estimativa de 43.331 habitantes, segundo os dados do IBGE/2020, e é conhecida pela sua grande atuação agrícola, sendo que Itápolis já foi o maior produtor de laranja do país. Este destino destaca-se por ser referência no setor de aviação por possuir uma das melhores escolas de formação de piloto da América Latina e um dos melhores aeroclubes do país, e também é referência na produção de sorvete artesanal. É conhecida como a Capital do Sorvete, em razão da qualidade de seu produto e virou exportadora de sorveteiros. Também os bons preços e bom atendimento explicam o sucesso garantido.

Sua área de 996,747 km² permite um espaço amplo para explorar e aproveitar o ecoturismo, em especial na Área de Lazer Ciniro Massari, um local que fica no meio da mata, com quiosques, piscinas, playground, lanchonetes, campos de futebol, quadra de areia, mesas de sinuca e também é possível fazer trilha.

Itápolis ainda conta com dois parques ecológicos, o Parque Ecológico do Jardim São Benedito, com um espaço de área verde, pista de caminhada, parque infantil e pista de skate, e o Parque Ecológico Boa Vista, que oferece mais do que uma simples área de lazer, como a pista para caminhada e o lago, também conta com uma pequena reserva florestal com alguns exemplares de macacos prego, coelhos, patos, gansos, cágados, pássaros e outros bichos silvestres. Ao lado do Boa Vista encontra-se o Parque das Crianças, um espaço dedicado para os pequenos e com uma variedade de brinquedos.

 
 
Entre um rico acervo, destaque para o órgão alemão na Igreja Matriz do Divino Espírito Santo, santo padroeiro da cidade 
 

Para quem está em busca de uma atividade mais cultural, no município dispõe do Cine Lyan e o Teatro Geraldo Alves. Os dois funcionam no mesmo edifício, mas em dias alternados, o teatro recebe peças importantes e o cinema, sempre com bons filmes. O nome do cinema, Lyan oriunda-se de Lydia e Antônio, que vem do antigo cinema "da praça", já o nome do teatro, é uma homenagem ao humorista e ator Geraldo Alves, que nasceu em Itápolis. Para completar o passeio cultural, o turista pode visitar o Museu Histórico e Pedagógico Alexandre de Gusmão com dezenas de salas e milhares de objetos das mais variadas categorias em seu acervo.

A Igreja Matriz do Divino Espírito Santo, santo padroeiro da cidade,
é uma atração turística religiosa com grande importância da cidade. Foi construída sobre pedras e as paredes internas foram decoradas e confeccionadas em meados dos anos 40 por artistas italianos. O acervo da matriz conta com várias imagens, algumas delas vindo diretamente da Europa, e o Órgão, feito na Alemanha, é uma peça rara, sendo o único no Brasil e o segundo do mundo. Com a conquista de ser um dos Municípios de Interesse Turístico - MIT, em 2018, Itápolis também se tornou uma das cidades do “Caminho da Fé”, trajeto utilizado pelos romeiros que vão sentido à Aparecida. Esta cidade surpreende em outros setores, uma vez que é conhecida como a Capital do Sorvete, em razão da qualidade de seu produto e virou exportadora desta iguaria. Em quase todas as cidades da macrorregião, há sorveteiros oriundos de Itápolis.


 
Parque Ecológico Boa Vista oferece muito lazer com pista para caminhada, lago e até com uma pequena reserva florestal 

Bom saber que o nome Itápolis tem como significado “Cidade das Pedras”, Ita significa “pedra”, na língua tupi, e Polis “cidade”, no grego, mas só recebeu esse nome em 1910. Em 1891, tornou-se "Boa Vista das Pedras" e ganhou o status de cidade no dia 24 de abril, ao emancipar-se de Ibitinga. Em 1906, passou a ser chamada de "Pedras" ou "Cidade das Pedras" e, finalmente, Itápolis, em 1910, pela Lei 1 234, de 22 de dezembro de 1910.



Como chegar

Para ir até Itápolis, saindo de São Paulo, é preciso acessar a SP-348 (Rodovia dos Bandeirantes) até a saída 168, a SP-310 (Rodovia Washington Luiz) até a saída 329-B, a SP-333 (Rodovia Laurentino Mascari) até a saída do km 180 e Via de Acesso Pref Tarquinio Bellentani.

Mais informações: www.itapolis.sp.gov.br