Jales

Jales, que é MIT - município de interesse turístico desde abril de 2018, possui significativa oferta de atrativos turísticos nas áreas da cultura, religião, saúde, rural, ecoturismo, negócios e eventos. Com 49.201 habitantes, segundo IBGE/2020, a cidade se destaca nacionalmente pelo cultivo da fruticultura, em especial pela produção de uvas finas e conta com roteiros para visitar propriedades rurais pelas uvas, vinhos e sucos, além da produção de mel com mais de 20 apicultores produzindo cerca de 10 a 12 toneladas de mel por ano. Esta cidade integra a Região de São José do rio Preto.
 

O clima é um dos fatores naturais para a produtividade dos vinhedos e a qualidade das uvas e a região de Jales tornou-se num importante polo de produção de uvas de mesa do estado de São Paulo. A Estação Experimental de Viticultura Tropical (EVT), da Embrapa Uva e Vinho, localizada em Jales, tem se consolidado como uma base de desenvolvimento de projetos de pesquisa e na geração de tecnologias para o setor produtivo. E todos os anos este MIT, que fica 586 km da Capital, realiza a Feira do Agronegócio da Uva e do Mel de Jales. Em 2019 receberam 15 mil visitantes.
 
 
O Centro de Educação Musical Avenir Fernandes conta com a Orquestra Sinfônica de Jales
 
Por sua vez, o turismo de saúde também é destaque, porque Jales conta com uma unidade do Hospital de Câncer de Barretos que atende 1000 pacientes/dia vindos de aproximadamente 10 estados do Brasil, além de contar com uma unidade do Ambulatório de Especialidades Médicas que realiza também cerca de 1000 atendimentos/dia. Sempre atenta, também, ao fator cultural, a cidade dispõe do Centro de Educação Musical Avenir Fernandes com a Orquestra Sinfônica de Jales, além do Centro Cultural Dr.Edílio Ridolfo, local de todas as iniciativas culturais.


O turismo de Jales avança, pois faz parte do Circuito Intermunicipal dos Rios e Grandes Lagos que integra dez municípios da região noroeste do estado de São Paulo com foco na prática da pesca esportiva e turismo náutico. E também integra o Circuito Entre Rios juntamente com Santa Clara d'Oeste, Santa Fé do Sul e Três Fronteiras. Nascente do Rio Paraná e entrecortada por três bacias hidrográficas (São José, Jacu Queimado e Ponte Pensa), essa região é um ótimo destino para quem quer aproveitar a folga em família, praticar pesca esportiva e se refrescar no circuito também conhecido como Espelho D'Água.


 
 

Visão panorâmica da região de Jales da Serra da Subida Preta
 

Conta a história que Jales, um dos mais novos municípios do Estado, surgiu de um racional plano de arquitetura e urbanismo, que atesta o empreendedorismo de seus primeiros colonizadores, entre eles Euplhy Jalles, seu fundador. Foi elevado à categoria de Município pela Lei 233, de 24 de dezembro de 1948.


Como chegar

Para ir até Jales, saindo de São Paulo, é preciso acessar a SP-348 (Rodovia dos Bandeirantes) até saída 168, a SP-310 (Rodovia Washington Luís) até saída 453-A e a SP-320 (Rodovia Euclídes da Cunha) até saída do km 583.



 
Mais informações: www.jales.sp.gov.br