Queluz

Cidade integrante do Roteiro Caminhos da Corte e das famosas Águas de Marambaia, a cidade de Queluz recebeu certificado de Município de Interesse Turístico -MIT em abril de 2018. Distante 231 km da capital paulista, está localizada a Leste do estado de São Paulo, na Região Imediata de Cruzeiro e possui 13.606  habitantes, segundo estimativas do IBGE/2020. Queluz desenvolveu-se com a cultura do café contribuindo com a História do Vale do Paraíba, através dos patrimônios arquitetônicos, com destaque para as sedes  das fazendas do café.  As temperaturas amenas atraem turistas de todo o país em busca de tranquilidade e descanso.


Bom destacar as Águas de Marambaia que formam uma das cachoeiras mais visitadas da cidade. Simulando um resort natural, aos pés da Serra da Mantiqueira, o local possui diversas piscinas naturais com águas cristalinas e belas quedas d'águas. Além disso, também há um restaurante onde os turistas podem experimentar o prato "Queluz na moranga”, tradicional gastronomia da cidade. Outra boa atração para os aventureiros é o Bosque das Paredes Ocultas "BPO", que possui uma paisagem da Serra da Mantiqueira e conta com três paredes de escaladas. 

Queluz aos pés da Serra da Mantiqueira oferece atrativos variados, passando pelo gastronômico, cultural e de lazer
 
Já quem prefere deixar os pés no chão, a cidade também oferece o turismo histórico e religioso, uma boa opção é visitar a Matriz de São João Batista, que foi construída em meados de 1800 por índios e escravos. O que chama também a atenção dos visitantes é a ponte Governador Mário Covas sobre o rio Paraíba do Sul, no centro da cidade, que dá vistas para os destroços da antiga ponte que foi dinamitada na fuga das tropas ao final da Revolução Constitucionalista de 1932. Mais um destaque deste destino turístico: a Estação Ferroviária, em estilo colonial inglês, com boa parte de sua estrutura importada da Inglaterra e da França. Foi inaugurada em 1874 e considerada a primeira estação paulista de escoamento de produção cafeeira e para o tráfego de passageiros.


Os turistas terão a oportunidade de viver momentos únicos em Queluz, principalmente se visitar a cidade em alguma data especial, pois o município possui um calendário festivo bem diversificado, comemorações folclóricas, juninas e gastronômicas. Destaque especial para as célebres Festas da Moranga e da Mandioca, que, além da diversão, trazem também deliciosos pratos típicos. A Festa de São João de Queluz é a festa junina mais tradicional de todo o Vale do Paraíba. O município ainda realiza outros eventos como a Festa do Doce, o Festival de Inverno, entre outros.


Estação Ferroviária inaugurada em 1874, pioneira paulista no escoamento da produção cafeeira e tráfego de passageiros
 
Conta a história que o nome Queluz é uma homenagem prestada à família reinante, por conta do nome Solar de Queluz, onde nasceu D. Pedro I em Portugal. A cidade originou-se de uma aldeia de Índios Puris, no ano de 1800, que foram trazidos pelo índio ancião Vuitir, que era denominado entre os seus carinhosamente de Mongo, ele se destacava dos demais, por sua sagacidade e firmeza em suas deliberações. A Aldeia nasceu em torno de uma capela que foi construída por índios e escravos, com estrutura feita de taipa e madeira de lei, Em março de 1842 surge a Vila São João de Queluz, que com este título e foro de simples Vila ficou até 10 de março de 1876. Nesta data foi criada e promulgada a lei que elevou a Vila à categoria de Cidade.

Como chegar

Para ir até Queluz, saindo de São Paulo, é preciso acessar a BR-116 (Rodovia Presidente Dutra).


Mais informações: www.queluz.sp.gov.br