Sales

A fama das três prainhas de Sales já chegou aos quatro costados, uma vez que elas são procuradas por turistas de várias procedências devido à boa qualidade não só das instalações como por suas belas paisagens. Localizada a 463 km de São Paulo, a cidade recebeu o selo de Município de Interesse Turístico (MIT) em maio de 2017 e é banhada pelos rios Tietê e Cervinho, o que possibilita atrair adeptos da pesca, dos esportes náuticos ou aqueles que vêm meramente para o descanso e lazer. Sales tem 6.407 habitantes (IBGE/2020), é um destino que integra a Região Turística Coração do Tietê e a atividade de recepção aos visitantes na cidade está evidenciada no cuidado com suas prainhas de água doce. Elas são tratadas como verdadeiros tesouros.

Cervinho é um córrego afluente do rio Tietê, cruzado pela ponte que liga os dois lados da Av. Independência e se situa a oeste da Prainha, que fica a dois quilômetros do centro de Sales. Também conhecida como Prainha do Cervinho, o equipamento oferece ao visitante uma infraestrutura com lanchonete, churrasqueira, quiosques, área de camping arborizada e sanitários. O córrego, de oito quilômetros de extensão por 600 metros de largura, é apropriado para a prática de jet-ski. Graças à sua beleza inconfundível, com suas águas calmas e límpidas, facilmente são avistados no Cervinho pescadores em suas margens ou em botes, ou ainda em barracas de acampamento em trechos mais desertos. E haja pôr do sol para contemplar.
 


Cervinho é um córrego afluente do rio Tietê, com oito km de extensão é apropriado para a prática de jet-ski

 
Já o xodó turístico de Sales, a Prainha do Torres, é considerada pelos turistas como sendo um paraíso. São quase 24 mil m² de natureza pura às margens do rio Tietê e se situa a 11 km do centro da cidade. Para chegar até lá, o turista faz um percurso que dispõe de asfalto de ótima qualidade e é recebido por uma infraestrutura que encanta. O local dispõe de iluminação, água corrente, estrada asfaltada, 27 quiosques com churrasqueiras e pias, bar, restaurante, estacionamento, área de camping, minicampo, sanitários com acessibilidade e uma vista exuberante. Ou seja, a Prainha do Torres possui tudo o que um ponto turístico pode oferecer para um belo final de semana ou uma temporada prolongada. Não é à toa que ela é o atrativo mais visitado do município.

Richelieu não é apenas um cardeal das histórias dos Três Mosqueteiros de Dumas, mas também uma praia de água doce e areias naturais às margens do Tietê, sendo o mais sofisticado equipamento turístico de Sales. O local traz para o turista um grandioso centro de eventos com praça de alimentação, palco para shows e apresentações e lojas de conveniência. Nos dois alqueires de área da Prainha do Richelieu, os visitantes podem usufruir de 34 quiosques com churrasqueiras e pias, área de camping, estacionamento e um mirante. A prainha fica a 12 km do centro da cidade e se chega até lá por um percurso asfaltado. A opção da gastronomia local fica por conta do peixe assado na folha de bananeira (e o peixe pode ser o pacu, o tucunaré ou a tilápia).



Xodó turístico de Sales, a Prainha do Torres é considerada pelos turistas como sendo um paraíso com boa infraestrutura

 
Curiosidades

• O nome da cidade se deve a um pioneiro, Ramiro Salles, que chegou com seus irmãos à região (na época, chamada Capoeirinha) em 1920.
• As primeiras famílias radicadas em Sales datam de meados de 1900 a 1914, quando ali ainda era sertão do território central de São Paulo.
• Em 18/02/1959, por decreto estadual, Sales é elevada à categoria de município.
• Existe o histórico Cemitério dos Esquecidos, dentro de uma mata, onde estão enterrados 115 corpos de índios e brancos que viveram na passagem do século XIX para o século XX, localizado às margens do córrego Cervinho, da época em que Sales se chamava Capoeirinha.


Como chegar

Para ir até Sales, saindo de São Paulo, é preciso acessar a SP-348 (Rodovia dos Bandeirantes) até a saída 168, a SP-310 (Rodovia do Washington Luiz) até a saída 287, a SP-331 (Rodovia Victor Maida), a SP-304 (várias denominações) até a saída do km 449 e a SP-379 (Rodovia Roberto Mario Perosa).

 
Mais informações: www.sales.sp.gov.br