Santa Clara d'Oeste

A 587 km da Capital, Santa Clara d’Oeste é a cidade do Marco Zero, encontro dos rios Grande e Paranaíba, formando o Rio Paraná, verdadeiro encontro do homem com o peixe que, o que possibilita experiências únicas para quem passa por lá. E não é conto de pescador, não, viu?  Este destino, que se tornou MIT (Município de Interesse Turístico) em março de 2018, é parada obrigatória para quem gosta de pescaria. Com o represamento do Rio Paraná e a consequente formação do lago da Ilha Solteira, abriram-se excelentes perspectivas turísticas para o município.

Além do encontro dos rios, a cidade também está no marco de três estados: São Paulo, Minas Gerais e Mato Grosso do Sul e desde antes de 1950 há indícios de povoados, onde atualmente encontra-se Santa Clara d’Oeste. Mas, foi apenas em 28 de fevereiro de 1964 que o distrito foi elevado à categoria de Município, com a denominação de Santa Clara D’Oeste, desmembrando-se do município de Santa Fé do Sul, divisão determinada pela Lei nº 8.092, de 28 de fevereiro de 1964 e, após a primeira eleição municipal, em ato solene.


O Circuito Tucuna Free, grande festival de pesca esportiva, acontece no Grandes Lagos Thermas Clube
 

A pesca esportiva é o principal atrativo turístico da cidade, que possui uma paisagem encantadora, atraindo pescadores e muitos moradores da região que desejam passar o fim de semana em um local tranquilo e relaxante. Para quem ama a pesca esportiva, provavelmente participou do Circuito Tucuna Free, maior festival do esporte no noroeste paulista, que ocorre no município. O evento acontece no Grandes Lagos Thermas Clube, onde tanto os praticantes quanto os observadores são recebidos com um grandioso show de abertura, além da cerimônia de premiação ao final do circuito. É um dos maiores complexos turísticos do interior de São Paulo que recebe mais de dois mil visitantes por final de semana, O local integra um parque aquático, camping, restaurantes e quiosques, mais de 72 chalés para hospedagem e os três melhores rios para se pescar no noroeste paulista. A natureza foi bem generosa nessa área de Santa Clara d’Oeste, além das belíssimas paisagens naturais, a infraestrutura do local tem tudo que o turista precisa para passar bons momentos, desde esportes radicais até opções para relaxar.


A Cachoeirinha do Córrego do Can Can  é uma atração do município perfeita para os aventureiros. Trata-se de um belo lugar para atividades de Camping e Ecoturismo, em certo ponto as águas formam uma espécie de gruta, dentro da qual os banhistas desfrutam de uma experiência exclusiva. Vale lembrar que o lugar foi encontrado na década de 1980 e que hoje a administração busca recursos para melhorar a estrutura e preservar esse maravilhoso atrativo repleto de recursos naturais.


Em março, são realizados um desfile cívico e apresentações de bandas, em comemoração ao aniversário do município. É um evento muito esperado pelos 2.113 habitantes (IBGE/2020) e também pelos turistas. Com a fanfarra da APAE e de outros grupos, o desfile é de grande importância para Santa Clara d’Oeste e no mesmo dia após o desfile, a cidade é prestigiada com shows de bandas reconhecidas da região e também apresentação de DJ para os mais baladeiros. Além disso, durante todo o dia a cidade também possui diversas atividades gratuitas, como brinquedos infláveis para as crianças e muito mais. 



Boa atração é a Cachoeirinha do Córrego do Can Can, lugar ideal para atividades de Camping e Ecoturismo

 

No que se refere ao turismo religioso, a cidade também é integrante da Rota dos Tropeiros e participa da Tradicional cavalgada, um evento que foi criado com o objetivo de resgatar uma das mais tradicionais festividades da região. Trata-se de uma procissão que se encerra na frente da Igreja da Matriz, para que o cavaleiro possa receber bênçãos de Santa Clara, junto a um delicioso almoço para a comunidade e visitantes, ao som de um bom ‘modão’. O evento é organizado pelo Senar, Comtur e da Secretaria de Turismo da Prefeitura.

 

Além dos finais de semana, os períodos com maiores fluxos turísticos ocorrem nos meses de janeiro, fevereiro, julho e dezembro, quando o município chega a receber cerca de 20 mil pessoas. Estas visitam a cidade em busca de tranquilidade, diversão, pescaria, gastronomia e muito mais.  Ao chegar à cidade, se houver qualquer tipo de dúvida, você pode se informar no Posto de Atendimento ao Turista, localizado no Terminal Rodoviário Municipal, que foi criado justamente para prestar informações aos turistas e sugerir os passeios, o que irá ajudá-los a aproveitar da melhor forma o período de estada no município. O posto conta com um profissional que ajudará no que for necessário e o local normalmente fica aberto aos finais de semana e feriados.

 

Como chegar

 

Para ir até Santa Clara d’Oeste, saindo de São Paulo, é preciso acessar a SP-348 (Rodovia dos Bandeirantes) até a saída 168, a SP-310 (Rodovia Washington Luiz) até a saída 453-A, a SP-320 (Rodovia Euclídes da Cunha) até a saída do km 631 e SP-631/320.

 

Mais informações: www.santaclaradoeste.sp.gov.br