São Bernardo do Campo

Conhecida como a capital do automóvel, São Bernardo do Campo integra o elenco de Municípios de Interesse Turístico, MITs, desde março de 2019,  e deixa claro que a atividade turística não tem limites. Distante 24 km da Capital, está localizado na região metropolitana da cidade de São Paulo, mais precisamente na região do Grande ABC Paulista., E a história da cidade está intimamente ligada à história da industrialização do país. São cerca de 1200 indústrias que geram aproximadamente 100 mil postos de trabalho. Diante disto, e de forma estratégica,  surgiu o Turismo Industrial como proposta de segmento turístico que identifica o município e a partir daí, o tornou referência como destino turístico de âmbito nacional e internacional. 
 

Muito além do Turismo Industrial, São Bernardo do Campo, com 844.483 habitantes, de acordo com IBGE/2020, também é um excelente local para a prática de ecoturismo, devido a sua grande presença territorial na Serra do Mar. Lá existem atividades para todas as idades, como: trilhas, caminhadas, arborismo e esportes radicais. A cidade dispõe de um dos maiores espelhos d’água do Brasil: a Represa Billings, construída em 1952, que é ideal para esportes e passeios náuticos. É neste imenso reservatório artificial da América Latina que se encontra o Parque Estoril, onde se pode encontrar atividades como canoagem, teleférico, pedalinho, Jardim Sensorial e o zoológico do município. 



Prainha do Riacho Grande, ótima opção de lazer, e conta com atrações para toda família, além de locais para alimentação

 

Já no outro lado da Billings, há a Prainha do Riacho Grande, que foi revitalizada para melhor receber seus visitantes.  É uma ótima opção para os dias quentes e conta com atrações para toda família, além de locais para alimentação. Bom saber que cerca de 50% do território de São Bernardo do Campo está em área de proteção aos mananciais, onde se localiza a Represa Billings e a Região do Riacho Grande. Tem mais: o Polo Ecoturístico Caminhos do Mar está localizado na divisa entre São Bernardo do Campo e Cubatão, e é formado por uma parte do Parque Estadual Serra do Mar que contempla a Estrada Velha de Santos e de todos os seus monumentos históricos, destacando-se a Calçada do Lorena e o Pouso Paranapiacaba, erguido em 1922, por ocasião dos Festejos do Centenário da Independência do Brasil. Fica na Rodovia SP-148 Caminhos do Mar - altura do Km 38 (portaria).


 

Este destino possui diversos prédios e monumentos tombados que fazem parte do patrimônio cultural da cidade. Além desses atrativos, que chamam a atenção pela riqueza de detalhes e pelo valor histórico e cultural que possuem, a cidade oferece cultura diversificada em seus espaços para teatro, dança e música, além de entretenimentos históricos, religiosos e gastronômicos. A Pinacoteca da cidade conta com um acervo de arte que começou a ser formado no final dos anos 1960, e é o maior espaço de exposição permanentemente de arte moderna e contemporânea da região do ABC. Conta com quatro espaços expositivos, auditório, biblioteca de arte e um jardim de esculturas.



Pólo Ecoturístico Caminhos do Mar faz parte do Parque Estadual Serra do Mar que contempla a Estrada Velha de Santos

 

A Cidade da Criança é o exemplo de que este município tem diversão para todas as gerações. O primeiro parque temático do Brasil é o lugar perfeito para levar os pequenos. Inaugurado em 10 de outubro de 1968, o parque possui mais de 30 atrações, a maioria delas voltadas às crianças, mas há também lazer para os adultos. E um orgulho para os são-bernardenses é o Pavilhão Vera Cruz, pois a cidade recebeu em 1949 os estúdios da Cia. Cinematográfica Vera Cruz, que produziu mais de 40 filmes nas décadas de 1950 e 1960, destacando-se os filmes de Amácio Mazzaropi. Atualmente, seus 6000m² são utilizados para grandes feiras e eventos e como estúdios para a indústria cinematográfica e televisiva.

 

Por conta do lado industrial, a cidade conta com a Costura Sustentável, que atrai o Turismo de Compras. São produtos confeccionados por grupo de costureiras organizadas e empreendedoras do entorno da fábrica da Volkswagen do Brasil em São Bernardo do Campo, feitos com sobras de tecidos utilizados para forração de bancos e tapeçaria de automóveis, bem como de uniformes em desuso dos colaboradores. Resultado: muita diversidade passando por nécessaires, estojos, sacolas, lixeiras para carro, porta níquel, porta tablet/notebook, e uma série de bolsas e mochilas, tudo praticamente exclusivo, pois são costurados à mão e contam com detalhes personalizados.

 

Conta a história que embora oito de abril de 1553 seja a data da instalação oficial da Vila de Santo André da Borda do Campo, a data convencional para a comemoração da fundação de São Bernardo do Campo é 20 de agosto, por ser o dia dedicado ao santo "São Bernardo”. 

 

Como chegar

 

Para ir até São Bernardo do Campo, saindo de São Paulo, é preciso acessar a SP-150 (Via Anchieta) até a saída 18-B, Avenida Lucas Nogueira Garcez e Praça Samuel Sabatini.