Linha de crédito especial para o Turismo será lançada pelo Governo de São Paulo

Crédito: Alan Morici

Compartilhe!

Curtir
Detalhes sobre o Creditur serão anunciados no próximo dia 5 de outubro
 
O secretário de Turismo e Viagens do Estado de São Paulo (Setur-SP), Roberto de Lucena, anunciou, nesta terça-feira (26), durante uma visita a Santos, que o maior programa de crédito para o turismo do Brasil, o Creditur, será lançado no próximo dia 5 de outubro pelo governador Tarcísio de Freitas. O secretário antecipou a informação durante o Fórum Regional de Turismo da Baixada Santista, que reuniu agentes públicos, empresários e gestores do Sebrae - parceiro da Setur-SP no evento.

O Creditur terá um aporte de R$4 bilhões. “Este é um programa que atende tanto os municípios quanto a iniciativa privada, com financiamento e condições diferenciadas, atendendo uma demanda do segmento”, declarou Roberto de Lucena. Os detalhes do programa, que reúne nove instituições financeiras, serão revelados pelo governador, mas o secretário adiantou que este será um marco para o Estado de São Paulo.

“Através do Creditur, programa elaborado pela equipe de consultores liderada por Eduardo Madeira, da Invest-SP, será possível aproveitar as potencialidades e desenvolver eixos ainda não explorados do nosso estado”, disse o secretário.

No Fórum Turístico, técnicos da Setur-SP e Sebrae fizeram uma explanação não só sobre crédito como, também, sobre as perspectivas para a Baixada Santista. O município de São Vicente, por exemplo, pode vir a se tornar, em breve, um Distrito Turístico Náutico. A classificação evidenciará o potencial desta região tão importante para a história do Brasil. Já Santos poderá se tornar um dos primeiros Distritos Turísticos Urbanos do país, assim como a capital paulista.

Além das novidades para o litoral, o secretário explicou que outra base será fundamental para o fomento do turismo paulista: a qualificação da mão de obra por meio da Academia do Turismo. O plano é contemplar o turismo como matéria desde o Ensino Médio, graduação até à pesquisa científica.

“Com a melhor infraestrutura, crédito especial e capacitação, temos tudo para dar um novo salto no desenvolvimento do turismo de São Paulo”, conclui o secretário.

Álbum de Fotos