São Pedro

Localizada na encosta da Serra do Itaqueri, grudada à natureza, a cidade de São Pedro fica na Região Metropolitana de Piracicaba, a 192 km da Capital, e seus habitantes orgulham-se em exibir um destino abundante em verde, com atrativos suficientes para os que gostam de tranquilidade e até aos que optam por aventuras em balonismo e voos livres. Os caminhos são muitos e interessantes. Atividades de lazer, aventura e entretenimento são encontradas em São Pedro que é estância turística desde 1979 e com uma população estimada, pelo IBGE/2020, em 38.778 pessoas, possui infraestrutura de hospedagem, com pousadas, hotéis, spas, campings, além de diversificada gastronomia, até mesmo com pratos oferecidos no fogão a lenha. Bom para o turismo.


Este município conta com um cartão postal. Trata-se do Parque Aureliano Esteves, conhecido como o Parque do Cristo, onde o turista dispõe de uma belíssima vista, pois de seu mirante, onde está o Cristo Redentor, é possível enxergar municípios vizinhos como Piracicaba e Rio Claro em dias claros.  Está localizado a quatro km da cidade, a uma altitude de 900 metros e sua infraestrutura abriga parque infantil, capela e restaurante. Para os de espírito aventureiro, o voo de balão faz sua parte em São Pedro e propicia uma visão privilegiada da Serra do Itaqueri. Há uma equipe de apoio que acompanha o trajeto por terra até a aterrissagem, onde os viajantes são recepcionados com um piquenique. O percurso leva 50 minutos e os passageiros podem contemplar o nascer do sol a 300 metros de altura. Pura emoção. Além do balonismo, os turistas aventureiros ainda podem optar por voos livres, trilhas de jipe e cavalgadas. A escolha é sortida!

 


Para os de espírito aventureiro, o Balonismo em São Pedro propicia uma visão privilegiada da Serra do Itaqueri



Quando o tema é Turismo Cultural, esta estância faz a diferença pelo Museu Gustavo Teixeira, são-pedrense e poeta maior. Inaugurado em 1972, o museu possui em seu acervo documentos e objetos que relatam a história da cidade, além da vida do poeta Gustavo Teixeira. Arte sacra, Tropeiros, Câmara Municipal são os principais temas das salas do museu. O museu abriga ainda no seu prédio oficinas, cursos, apresentações musicais, culturais e exposições. Vale dizer que o artista  (São Pedro,  1881 — São Pedro,  1937) foi um poeta brasileiro de tendências literárias entre o Parnasianismo e Simbolismo, peculiares nas primeiras décadas do Século XX. As exposições do Museu encontram-se divididas: Arte Sacra, Pouso dos Tropeiros, Sala São Pedro, Gustavo e Maria de Lourdes Teixeira, Política, Educação, Saúde, Hospedaria. Em seu interior são realizadas as mais diferentes atividades culturais: saraus, audições, feira de artesanatos, exposições de curta duração, concurso de poesias, entre outras iniciativas. Mais atrações: no Boulevard Dona Hermelinda, na Praça da Matriz, há uma feira de artes e artesanatos com destacada produção local. É possível encontrar bijuterias, velas, sabonetes, decorados, bordados, crochês, artigos em madeira, bolsas customizadas, panos de pratos, tapetes, quadros entre outros. Já a Feira do Produtor, no bairro Santa Cruz, realizada nas manhãs de sábado, os produtores rurais comercializam produtos frescos embalados por uma boa moda de viola.


Vale dizer que a área urbana da estância de São Pedro é cortada pelos ribeirões Pinheiro e Samambaia, e é o berço do Rio Jacaré-Pupira. Está a 580 metros do nível do mar e tem a seu favor um clima ameno e agradável que dura quase o ano todo. No alto da Serra do Itaqueri as cachoeiras chamam a atenção pelas quedas naturais, rodeadas de muito verde. É lá também que fica o penhasco Cruzeiro do Facão, antiquário, a Igreja Santo Antônio, que guarda uma relíquia do santo de Pádua doada pelo Vaticano, e também a centenária Igreja Presbiteriana Boa Vista do Jacaré – uma das primeiras do Brasil. Sorte dos turistas. E São Pedro oferece alguns parques aos seus visitantes, como o Parque Ernesto Baltieri, com playground, aparelhos da academia de ginástica ao ar livre, pista de caminhada de 1.200 metros e jardim sensorial; Parque Marcelo Golinelli, com diversos decks para contemplação da paisagem, quiosques, trilhas para caminhada; Parque Maria Angélica com um grande lago com passeios de pedalinhos, canteiros floridos, parque infantil, fonte de água mineral e Recanto das Cascatas com queda d’água de 15 metros de altura,  e uma piscina natural com profundidade entre 20 e 60 cm. Lazer em abundância.

 


Parque Maria Angélica com grande lago, canteiros floridos, parque infantil, fonte de água mineral e Recanto das Cascatas


Nem só de Turismo de Aventura, Cultural, de Compras e Religioso vive São Pedro. Tem eventos o ano todo, como a Paixão de Cristo, Festa de São José, Festa de Santo Antônio, Festa de São Pedro, Encontro de Motociclistas, Festa do Peão, Semana Gustavo Teixeira, Adventure Games, Expo São Pedro. Conta a história que no início do século 19, próximo à Serra do Itaqueri, era um local de pouso de tropeiros com rancho e curral, conhecido como Picadão, em torno do qual surgiu um pequeno povoado. Em 1856 foi erguida a capela denominada Picadão. Em 1860 o núcleo formado passou a ser chamado Capela de São Pedro. Após ser uma Freguesia, em 1864 tornou-se Vila em 1881 e foi elevada à condição de cidade com a denominação de São Pedro, em outubro de 1903.

Como chegar de São Paulo até São Pedro: SP-348 (Bandeirantes) até a saída 134, SP-304 (Luiz de Queiroz), vias urbanas de Piracicaba e SP-304 (Geraldo de Barros).



 
Mais informações: www.saopedro.sp.gov.br