Rede Corporativa
Santos - São Paulo - Brasil, 03 de dezembro de 2021.
 
 
14/02/2019
Notícias
Ibirá é a primeira Estância Turística a reapresentar seus projetos para 2019
Com uma infraestrutura capaz de bem receber turistas do Brasil e do mundo, o Estado de São Paulo investe recursos diretos para Estâncias e Municípios de Interesse Turístico (MIT).  Através do Departamento de Apoio aos Municípios Turísticos (DADETUR), a Secretaria de Turismo transfere recursos para 70 cidades classificadas como Estâncias e 97 MITs investirem na infraestrutura turística.
 
Recentemente, 176 convênios assinados em dezembro de 2018 tiveram que ser cancelados por falta de reserva orçamentária, ou seja, seus recursos não estavam empenhados em conformidade com a legislação, o que resultou na anulação automática desses projetos. Na busca por uma solução para não prejudicar as cidades afetadas pelo cancelamento,  na última sexta-feira, os secretários estaduais Vinicius Lummertz (Turismo) e Marco Vinholi (Desenvolvimento Regional), apresentaram aos prefeitos, assessores técnicos e representantes de associações de turismo uma proposta para garantir os recursos aos municípios. 
 
A ideia é utilizar a verba do orçamento de 2019 para o pagamento de obras e serviços que estão pendentes. Já em relação aos convênios assinados e cancelados, por falta de reserva orçamentária, a sugestão é que as prefeituras reapresentem os projetos para revalidação técnica e financeira a partir desta semana.
 
A proposta foi bem aceita e as prefeituras já começaram a reapresentar seus projetos. Na quarta-feira (13), o prefeito Edvard Colombo, da Estância de Ibirá - famosa por possuir fontes de água mineral com PH (alcalina) próximo a 10,0 -, foi o primeiro nesse movimento  de uma retomada dos recursos aos municípios turísticos. Ele  apresentou o projeto para ampliação do Complexo Aquático da cidade. A expectativa da prefeitura é de que, após a reforma, a cidade passe a receber 8 mil visitantes por mês.

Atalhos da página

Rede Corporativa e-Solution Backsite