Rede Corporativa
Santos - São Paulo - Brasil, 13 de agosto de 2020.
 
 
05/12/2019
Notícias
Em Guaratinguetá, Setur-SP realiza seminário de crédito turístico para setor público e privado
Bancos como a Desenvolve SP, BNDES, Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal disponibilizam mais de R$1 bilhão em crédito turístico
 
Na última quarta-feira (4), a Secretaria de Turismo do Estado de São Paulo (Setur-SP)e a Desenvolve SP realizaram o Seminário de Crédito Turístico para o Vale do Paraíba. Trata-se de uma iniciativa da SETUR-SP, que tem por objetivo apoiar os setores público e privado do turismo, no acesso a linhas de financiamento direcionadas à melhoria da infraestrutura e atendimento aos turistas nos principais destinos paulistas.
 
Em setembro, a Secretaria Estadual de Turismo lançou o Programa de Crédito Turístico para dar acesso a empresas e municípios às linhas de crédito oferecidas por instituições parceiras. A articulação é realizada pela Secretaria de Turismo e Desenvolve SP, que contam com as instituições financeiras como BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social), do Banco do Brasil e da Caixa Econômica Federal. 
 
No total, há mais de R$ 1 bilhão em crédito disponível para financiamentos do setor, disponibilizados por meio de dezenas de linhas, com juros a partir de 0,17% ao mês e prazo de 240 meses. Os financiamentos estão disponíveis para os setores público e privado. A Secretaria anunciou, ainda, a contratação da Invest SP para realizar um plano de atração de investimentos para o turismo paulista. 
 
Representando o secretário estadual Vinicius Lummertz, Guilherme Miranda, Chefe de Gabinete da Pasta enfatizou a importância do seminário e informou que o Turismo movimenta diversos setores da economia “O Turismo é uma soma de várias camadas. Tem a dos empreendimentos feito pelo Estado, por meio do Dadetur, tem a questão do mercado que se organiza automaticamente, tem a camada do financiamento, do crédito, dos investimentos, e a soma de tudo isso é o que gira a chave para fazer o turismo decolar, o turismo não é uma atividade isolada, é uma dimensão econômica que movimenta 52 setores da economia”, disse Miranda. 
 
No período da tarde os especialistas das instituições financeiras atenderam aos empresários interessados nas linhas de crédito. De acordo com os técnicos, para acessar os recursos, é necessário apresentar um projeto consistente e justificado, possuir o Certificado Digital e estar quites com as responsabilidades fiscais.

Atalhos da página

Rede Corporativa e-Solution Backsite