Rede Corporativa
Santos - São Paulo - Brasil, 23 de janeiro de 2022.
 
 
09/12/2020
Municípios mapa da interativo
Sertãozinho
Distante 325 km de São Paulo, o município de Sertãozinho está localizado na Região Metropolitana de Ribeirão Preto, formado pela sede e pelo distrito de Cruz das Posses. Com 127.142 habitantes, de acordo com estimativas do IBGE/2020, ganhou o título de MIT - Município de Interesse Turístico em 2018 e é banhada pelos rios Ribeirão da Onça, Pardo e Mogi-Guaçu, além dos córregos Norte, Sul e Água Vermelha que percorrem o território urbano. Trata-se de um destino que se destaca por seus eventos de proporções internacionais, patrimônios históricos, culturais e religiosos. Cidade está situada em uma região que faz parte das maiores produtoras de açúcar, e mesmo já tendo produzido café, o açúcar está ligado às raízes do seu surgimento.

Há mais de 20 anos é realizada em Sertãozinho, a Fenasucro é o maior evento mundial em tecnologia e intercâmbio comercial para usinas e profissionais do setor sucroenergético. É o principal encontro entre produtores, profissionais e os principais fabricantes de equipamentos, produtos e serviços para a agroindústria da cana-de-açúcar. Apesar de Sertãozinho ser conhecido por seu parque industrial, seu desempenho vai muito além disso. A cidade faz parte do Ramal Noroeste do Caminho da Fé estando a 571 quilômetros de Aparecida. Como um dos grandes intuitos desta viagem é proporcionar reflexões e reforçar a fé dos peregrinos, a indicação é completar o roteiro da maneira mais simples possível. O mapa completo tem 990 km de extensão e é possível se aventurar em versões diferentes da viagem, partindo de um dos seis pontos iniciais, localizados nas cidades de Águas da Prata, Sertãozinho, Mococa, São Carlos, Aguaí, Tambaú e Caconde. Independente do ponto inicial, o destino é sempre o mesmo, a cidade da Padroeira do Brasil, Aparecida, na Basílica de Nossa Senhora.

 


Além da praia artificial, o Parque Ecológico e de Lazer Gustavo Simioni dispõe de muita estrutura para lazer e esporte
 
Destaque para o cartão postal deste MIT, o Cristo Salvador que tem 56 metros de altura e um mirante que dá para ver a cidade em 360 graus. Além do monumento os visitantes desfrutam de uma imensa área verde. Formado por calçadas e pórticos, o parque é totalmente fechado, possui lanchonete, estacionamento para 40 veículos e segurança permanente.  Bom ressaltar que o Cristo Salvador é o ponto de partida para o famoso Caminho da Fé, de extrema importância religiosa para os brasileiros. Tem mais atrativo: o Parque Ecológico e de Lazer Gustavo Simioni, inaugurado, em dezembro de 2008 conta com boa estrutura, com campos de futebol, quadras de tênis e poliesportivas, estaleiros para pesca, preferencialmente esportiva, quiosques com e sem churrasqueiras, piscina adulto e infantil, praia artificial, chuveirões, ciclovia, pista de cooper/caminhada, ampla área verde, estacionamento (para 800 veículos), playgrounds, pedalinhos, entre outras atrações. A área total é de 822.065 m². Está localizado na represa da Usina São Geraldo. O acesso é feito pela Rodovia Armando Sales Oliveira, Km 342. 

Quando o visitante procura pelo Turismo Cultural encontra o Centro Municipal de Memória (CEMM), órgão oficializado em 2006 para promover a reconstituição da memória histórica e sociocultural do município através da aquisição, preservação, processamento e disponibilização de acervos de valor histórico em variados suportes. Seu acervo inclui fotografias, cd’s e dvd’s, cartazes, livros, jornais e revistas, além de cartões postais e obras de arte de artistas locais. Suas coleções de fotografias impressas e digitalizadas mostram Sertãozinho e seu distrito de Cruz das Posses em diferentes momentos de desenvolvimento, abrangendo expoentes do meio político, industrial, religioso e artístico. Já sua hemeroteca é composta por cerca de 50 jornais editados na cidade, desde o começo da década de 1900, dentre eles A Gazeta de Sertãozinho e O Monitor. Este destino também dispõe do Teatro Municipal “Prof.ª Olympia Faria de Aguiar Adami” que, em sua programação anual, reúne espetáculos de teatro, música e dança, além de palestras e outros eventos ligados às secretarias municipais. Também oferece aulas para crianças, jovens e adultos, através do Grupo de Iniciação ao Teatro.


 
O Museu da Cana está instalado em um antigo engenho de cana-de-açúcar do início do século XX
 
Para preservar parte de sua história, a cidade conta com o Instituto Engenho Central, Museu da Cana, instalado em um antigo engenho de cana-de-açúcar do início do século XX. Seu acervo é composto de todo o maquinário e objetos utilizados no engenho, permitindo aos visitantes o conhecimento da história da produção e da importância do açúcar no século XX, durante um passeio pelo antigo engenho. O acesso gratuito é feito pela Estrada para Pontal. Conta a história que nome Sertãozinho provém do fato de a região ter marcado o início de um grande sertão. O núcleo original foi a fazenda de Inácio Maciel de Pontes, que doou terras para a constituição do patrimônio de Nossa Senhora da Aparecida do Sertãozinho, cuja primeira capela foi erigida por Antônio Malaquias Pedroso, considerado fundador do município. A comarca foi criada em 26 de outubro de 1906 e sua instalação ocorreu em 12 de dezembro do mesmo ano.

Como chegar
Para ir até Sertãozinho, saindo da Capital, é preciso acessar a SP-348 (Rodovia dos Bandeirantes), a SP-330 (Rodovia Anhanguera) até a saída 307, a SP-255 (Rodovia Antônio Machado Sant'Anna) até a saída 310, a SP-322 (Rodovia Antônio Duarte Nogueira) até a saída 326-B, a SP-322 (Rodovia Attílio Balbo) até a saída 335, a SP-322 (Rodovia Armando Salles de Oliveira) até a saída 332 e SP-332/322 (Rodovia Octávio Verri) - no contorno de Ribeirão Preto há sobreposição de rodovias. 


Mais informações: www.sertaozinho.sp.gov.br
 
 
 
 


Atalhos da página

Rede Corporativa e-Solution Backsite