Rede Corporativa
Santos - São Paulo - Brasil, 27 de junho de 2022.
 
 
09/06/2022
Notícias
Setor de eventos: demanda por mais trabalhadores e necessidade de qualificação
Secretaria de Turismo reuniu entidades, agora em fase de acomodação, por conta da pandemia
 
Durante a tarde desta quarta-feira (8), cinco entidades ligadas à produção de eventos, estiveram com o Secretário Vinicius Lummertz, técnicos da Pasta e da FIA-USP em busca de caminhos para solucionar o problema da falta de trabalhadores que vem dificultando o andamento das ações desta categoria. A principal delas, como afirmaram seus representantes, é a falta de mão-de-obra com bons profissionais. Também ressaltaram a demanda reprimida pela parada de quase dois anos, em virtude da pandemia. Agora, nesta fase já de acomodação, precisam de trabalhadores especializados.
 
Diante da perda de profissionais que, muitas vezes, nem sabem como se atualizar em suas funções, o Secretário Lummertz enfatizou a necessidade de capacitar a partir da demanda do setor e afirmou: “temos cursos grátis no Centro Paula Souza, autarquia estadual que administra 224 Escolas Técnicas (Etecs) e 75 Faculdades de Tecnologia (Fatecs) estaduais. As Etecs oferecem 224 cursos, voltados a todos os setores produtivos públicos e privados. Já as Fatecs atendem mais de 96 mil alunos matriculados em 86 cursos de graduação tecnológica, em diversas áreas, como Construção Civil, Mecânica, Informática, Tecnologia da Informação, Turismo, entre outras”. 
 
O Centro de Inteligência da Economia do Turismo (CIET), da Secretaria de Turismo e Viagens do Estado de São Paulo (SETUR), também participou da reunião para apresentar a proposta de formulário de pesquisa online a ser enviada a todo o mercado de eventos. O técnico Fábio Montanheiro, do CIET, informou que a pesquisa vai dar um diagnóstico da situação das empresas que trabalham no setor e suas necessidades, principalmente no que diz respeito à qualificação, tornando possível o desenvolvimento de ações efetivas. O consultor José Veríssimo, da FIA-USP, exibiu as possíveis demandas do setor de eventos, feiras e festas. 
O representante da União Brasileira dos Promotores de Feira (UBRAFE), Armando Arruda Pereira, disse, no encontro, que o Estado de São Paulo conta com 160 mil trabalhadores de eventos em geral. Também participaram os representantes Auro Nardelli e Márcio Guerreiro da Associação Brasileira de empresas de Eventos (ABEOC), Ricardo Roman, pela Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH), Ricardo Dias pela Associação Brasileira de eventos Sociais (ABRAFESTA) e João Nagy pela WTC Events Center.

Atalhos da página

Rede Corporativa e-Solution Backsite