Rede Corporativa
Santos - São Paulo - Brasil, 16 de abril de 2024.
 
 
25/02/2023
NOTÍCIAS
Boletim: situação e ações de apoio no litoral norte (25/2 - 19h)
SP cria gerência estadual para acompanhar de perto os trabalhos de reconstrução em São Sebastião

O governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas, anunciou neste sábado (25) a criação de uma gerência estadual para acompanhar de perto os trabalhos de reconstrução em São Sebastião. A partir de segunda-feira (27), o governador volta a despachar do Palácio dos Bandeirantes, na capital paulista, mas retornará com frequência ao município para acompanhar as atividades até que o último impactado pela tragédia esteja com a sua situação resolvida.

A data também marcou o acolhimento das primeiras famílias que ficaram desabrigadas e desalojadas no temporal que se abateu sobre o litoral paulista no feriado de carnaval. O governador Tarcísio visitou as 43 famílias que agora estão instaladas em hotel disponibilizado por instituição financeira. Alguns animais resgatados também estão no local.

“É comovente ver a solidariedade dos brasileiros e das empresas que tem nos procurado para oferecer de tudo, incluindo construção de casas, terrenos etc. Eles abriram as portas desse clube e acolheram 43 famílias oferecendo todas as refeições. Com isso, foi possível liberar uma escola onde elas estavam abrigadas provisoriamente e retomar as atividades”, destacou

Tarcísio informou que está buscando mais terrenos seguros, além dos três que já encontrou, para iniciar o mais rápido possível a construção de casas utilizando tecnologias construtivas para agilizar a conclusão dessas edificações, com segurança e conforto, e desmobilizar as moradias em encostas, demolindo essas construções.


ACOLHIMENTO TERAPÊUTICO

Profissionais da Secretaria Estadual de Desenvolvimento Social realizam acolhimento terapêutico às vítimas no litoral norte de São Paulo. Esses atendimentos começaram na quinta-feira (23) em 9 pontos de abrigamentos, em locais como Vila Sahy, Boiçucanga, Juquey, no Centro, em funerárias, entre outros. Até agora já foram realizados 1.000 acolhimentos terapêuticos. A prioridade é para pessoas que perderam tudo e estão abrigadas nestes pontos.

Os serviços de apoio são variados, vão desde acolhimento no luto para adultos, crianças e adolescentes, suporte no reconhecimento de corpos, cadastramento para receber benefícios sociais, como também auxílio no levantamento de números de desabrigados e em atividades de recreação para crianças.

Além disso, a SEDS está realizando, em parceria com equipes dos municípios atingidos pelas fortes chuvas, o levantamento do número de pessoas que desejam voltar para suas cidades de origem, ou, que desejam viajar para a casa de familiares.

IDENTIFICAÇÃO DAS VÍTIMAS

Até o momento, 59 óbitos foram confirmados, sendo 58 em São Sebastião e um em Ubatuba. Equipes do município de São Sebastião com psicólogas e assistentes sociais fazem um trabalho de acolhimento dos familiares das vítimas. Cinquenta e quatro (54) já foram identificados e liberados para o sepultamento. São 19 homens adultos, 17 mulheres adultas e 18 crianças.

Atualmente, a prioridade segue no socorro às vítimas e no atendimento aos mais de 2.251 desalojados e 1.815 desabrigados.


ESTRADAS

O Departamento de Estradas de Rodagem (DER) informa que o tráfego está liberado para veículos leves e pesados nas rodovias da região de São Sebastião. Apenas o trecho do KM 82 da rodovia Mogi Bertioga (SP-098), em Biritiba-Mirim, junto à ponte do Rio Sertãozinho, permanece com interdição total.

A viagem para o litoral norte pode ser feita pelo Sistema Anchieta-Imigrantes, Rodovia dos Tamoios e Rodovia Oswaldo Cruz, a depender do ponto na Rio-Santos (SP-055).

No momento há interdição parcial nos seguintes pontos:

• Rodovia Rio-Santos (SP-055)
o Km 155 – Erosão. Acostamento
o Km 189 – Erosão. Acostamento (Praia da Boracéia)
o Km 066– queda de barreira. Acostamento (Praia da Fortaleza);
o Km 087 – queda de barreira e árvores (Praia da Cocanha); faixa reversível sentido leste
o Km 96 – queda de barreira (Praia Massaguaçu); parcial pista leste
o Km 116 – queda de barreira (Praia da Cigarra); Acostamento
o Km 136 ao 142 – queda de barreira, erosão e árvores (Praia do Guaicá e Toque Toque); Pare e Siga sentido leste
o Km 157 ao 162 – queda de barreira (Praia de Maresias); Pare e Siga
o Km 164 – queda de barreira (Praia de Boiçucanga); Pare e Siga
o Km 174 – queda de barreira (Praia Preta). Comboio.
o Km 180 – queda de árvore (Praia Preta); Acostamento
o Km 188 ao 189 – erosão (Praia de Boracéia); Acostamento
o Km 203 – queda de barreira (Praia Guaratuba). Acostamento

• Rodovia Oswaldo Cruz (SP-125)
o Km 07 – queda de barreira e árvores. (Morro da Pilôa). Faixa reversível sentido norte.
o Km 13 – queda de barreira (Horto Florestal). Faixa reversível sentido norte

• Rodovia Mogi Bertioga (SP-098)
o Km 87 – Erosão. Interdição parcial
o km 90 ao 91 – queda de barreira. Interdição parcial

• Rodovia Engenheiro Ariovaldo de Almeida Viana (SP-61)
o KM 16 – queda de barreira (Praia do Perequê): acostamento

Interdição total

Mogi-Bertioga (SP-098) – A Rodovia Mogi-Bertioga segue totalmente interditada, em razão do rompimento de tubulação, na altura do km 82, em Biritiba Mirim. As obras emergenciais foram iniciadas na terça-feira (21), com previsão de investimento de R$9,4 milhões, liberação do trânsito em dois meses e conclusão em até seis. Será necessário revitalizar o muro de arrimo existe e construir um novo, além de criar uma nova galeria. Mais informações em: https://bit.ly/3XRgqLZ.

RODOVIAS CONCESSIONADAS

A ARTESP – Agência de Transporte do Estado de São Paulo informa que não há congestionamentos nas principais rodovias de ligação da Capital com o Litoral e Interior.

Sistema Anchieta-Imigrantes (SAI) – está com Operação 5×5. O tráfego está lento na pista marginal da via Anchieta, na chegada a Alemoa, do km 63 ao km 64,5, por alto fluxo de veículos pesados. Nos outros trechos e rodovias do Sistema Anchieta-Imigrantes (SAI) o movimento permanece tranquilo.

Rodovia dos Tamoios – A Rodovia Tamoios (SP 099) está com Operação Normal, com subida sentido São José dos Campos pela Pista Nova da Serra e descida para o Litoral pela Pista Antiga. Tráfego normal, sem congestionamentos

Sistema Castello Branco-Raposo Tavares – Tráfego normal, sem congestionamentos

Sistema Anhanguera-Bandeirantes – Tráfego normal, sem congestionamentos

Corredor Ayrton Senna/Carvalho Pinto – Tráfego normal, sem congestionamentos


ATENDIMENTO MÉDICO

A Secretaria de Estado da Saúde informa que 22 adultos e seis crianças vítimas das chuvas foram atendidas, até o momento, no Hospital Regional do Litoral Norte (HRLN). Deste total, 13 permanecem internados com estado de saúde estável. Outros 10 pacientes já receberam alta hospitalar e cinco foram transferidos para outras unidades.

Desde domingo, as unidades de Saúde do Estado no Litoral Norte estão em alerta para receber os possíveis feridos do desastre que atingiu a região. Outras unidades de saúde da Baixada Santista, Alto Tietê e da Capital também estão aptas a receber os feridos.

A SES acrescenta que todos os pacientes atendidos no HRLN tiveram os familiares localizados pela assistência social da unidade.

Além de reforçar o atendimento, a SES-SP encaminhou um conjunto de insumos recebidos de empresas privadas, entidades filantrópicas e pelo próprio Estado, ao atendimento às vítimas desse desastre. Ao todo, foram encaminhados, até o momento, mais de 6,6 milhões de insumos entre eles: 7,4 mil insulinas humana e 20 mil agulhas para insulinas, 36 ampolas de soro antiofídico para cobras, 5 mil frascos de hipoclorito de sódio, 940 bolsas de glicose, 900 bolsas de soro, 180 kits intravenosos, 30 kits de sutura, 30 talas para imobilização, além de sedativos e outros medicamentos como antibióticos, anti-inflamatórios, analgésicos, entre outros.


ORIENTAÇÃO AOS TURISTAS

O Governo de São Paulo orienta turistas a não viajarem para as regiões afetadas do litoral norte neste fim de semana, após as fortes chuvas que causaram 54 mortes, até o momento. O objetivo é evitar sobrecarregar o atendimento em hospitais, o trânsito nas estradas e o abastecimento de água e de alimentos na região.

A Polícia Militar explica que as rodovias da região precisam estar desobstruídas para que veículos de socorro e de resgate possam circular livremente. A PM orienta também que as doações sejam feitas em postos que não estejam localizados nos municípios atingidos. Saiba mais sobre os endereços no link: https://www.saopaulo.sp.gov.br/ultimas-noticias/litoral-norte-como-ajudar/.



Acompanhe as atualizações sobre a situação das chuvas por meio do Twitter do Governo do Estado de São Paulo: @governosp.

Atalhos da página

Mapa do Site

Rede Corporativa e-Solution Backsite