Rede Corporativa
Santos - São Paulo - Brasil, 16 de abril de 2024.
 
 
25/05/2023
NOTÍCIAS
As raízes cafeeiras do turismo paulista
Produto premiado da gastronomia paulista, café movimenta fazendas históricas de SP e estimula o turismo rural no estado
 
As fazendas históricas de café do Vale do Paraíba, com seus casarões de época abertos à visitação e mobiliário preservado, se tornaram referência quando o assunto são os empreendimentos turísticos nacionais que preservam o patrimônio e as memórias de um produto que, por mais de um século, impulsionou a economia de SP e do país.
 
No Dia Nacional do Café, comemorado nesta quarta-feira, 24 de maio, a Secretaria de Turismo e Viagens do Estado de São Paulo (Setur-SP) celebra, ao lado de seus parceiros, a contribuição do café ao turismo paulista, sua projeção gastronômica e as dezenas de empreendedores do estado premiados no Brasil e no mundo. 
 
A bebida mais consumida no mundo tem no Vale do Café Paulista municípios turísticos de grande projeção no cenário rural, com hotéis fazenda históricos em estâncias como Monte Alegre do SulSerra Negra e Bananal. Em Bananal, por exemplo, o casarão da Fazenda cafeeira Três Barras, do século XVIII, aberta ao turista, hospedou o príncipe Regente Dom Pedro e o presidente Juscelino Kubitschek.
 
A poucos quilômetros dali, a Rota do Café destaca cidades como Areias, São José do Barreiro, Taubaté e Santos, com o famoso Museu do Café. “O café é um ativo para o turismo do ponto de vista cultural, pelas belas fazendas que recebem visitantes no interior do estado e também como produto da gastronomia”, afirma Roberto de Lucena, secretário Setur-SP .
 
Nesta quarta-feira, 24, a Secretaria de Agricultura e Abastecimento lança o Concurso Estadual Qualidade e Sustentabilidade do Café, com o objetivo de dar visibilidade aos cafés produzidos no estado. No ano passado, São Paulo se destacou em concursos internacionais de baristas. O paulistano Boram Um, de 31 anos, chegou à semifinal de um concurso na Itália e foi considerado um dos 15 melhores do mundo.
 
O café movimenta o turismo rural, segmento que cresce quase 30% ao ano, segundo o Sebrae. São mais de 1.200 propriedades de turismo rural no estado de SP, um dos eixos mais expressivos de desenvolvimento do turismo. Desde o início da pandemia, os destinos de turismo rural estão entre os segmentos mais procurados pelo viajante por promover atividades ao ar livre e sem aglomeração.

Atalhos da página

Mapa do Site

Rede Corporativa e-Solution Backsite