Turismo de São Paulo já gerou mais de 55 mil empregos diretos em 2022

Compartilhe!

Curtir

Dados do Caged mostram que, somente em agosto, foram 6.621 postos formais de trabalho no turismo paulista 

Com os dados positivos do turismo nos primeiros oito meses do ano, a Secretaria de Turismo e Viagens do Estado de São Paulo elevou a previsão inicial de geração de empregos em 2022. A nova projeção é a de criação de mais de 80 mil empregos formais no ano, um aumento de 25% em relação aos 65 mil empregos previstos no início do ano. 

Depois de enfrentar dois anos de retração por conta da pandemia que paralisou todo o setor, o turismo desponta como um dos principais setores da economia paulista. Atualmente, o turismo é o terceiro setor em geração de emprego no Estado, atrás apenas da indústria e construção civil.  

“Temos potencial para crescer ainda mais, sendo o principal gerador de empregos no Estado de São Paulo, no Brasil e no mundo. Nossa expectativa é que o turismo seja responsável por mais de 750 mil novos empregos nos próximos quatro anos, sendo 250 mil diretos e 500 mil indiretos”, afirma o secretário de Turismo e Viagens do Estado de São Paulo, Vinicius Lummertz. 

A retomada do turismo já supera em diversos aspectos o período pré-pandemia. A movimentação turística paulista em 2022 terá um crescimento de 1,3% na comparação com 2019. A projeção é feita pelo Centro de Inteligência da Economia do Turismo (CIET), ligado à Secretaria de Turismo e Viagens do Estado de São Paulo.