Rede Corporativa
Santos - São Paulo - Brasil, 25 de junho de 2022.
 
 
09/03/2022
REGIÕES TURÍSTICAS
Conheça a Região Turística Rios do Vale

 
Paraibuna, Santa Branca, Jacareí, Taubaté, Caçapava, São Luiz do Paraitinga, Jambeiro e Igaratá compõem a Região Turística Rios do Vale

 


Para o turista que estiver procurando opções de esportes radicais em plena natureza, boa comida regional, belos casarões históricos, além de toda uma agenda de festas religiosas, as oito cidades da Região Turística Rios do Vale são o lugar certo. Partindo de São Paulo pela rodovia Presidente Dutra (BR-116) ou pelas vias mais próximas (Ayrton Senna e Carvalho Pinto), a uma distância média de 120 km, o visitante chega a uma região que soma 707,5 mil habitantes (pelo IBGE de 2020), com boas opções de hotéis, bem como equipamentos turísticos que oferecem aos visitantes uma série de experiências surpreendentes.

A pacata Paraibuna tem arquitetura do período cafeeiro, é cercada de morros, rios e cachoeiras em seu entorno e para o turista, há opções de culinária típica, turismo rural, prática de esportes náuticos e ecoturismo. A vizinha Santa Branca é chamada de “Cidade Presépio”, tem hotéis, pousadas, hotéis-fazenda e atrações de turismo rural e uma ponte metálica construída por Euclides da Cunha em 1902. Jacareí possui circuitos de parques, igrejas e praças, além de oferecer aos turistas prática de esportes náuticos na enorme Represa do Jaguari. Já a pequena Igaratá, por sua vez, oferece turismo rural, religioso, há cachoeiras para passeios com a família e várias trilhas, além da pesca a peixes como o tucunaré, a traíra, a tilápia e o lambari.

Além do turismo religioso, a história dos tropeiros é preservada em Jambeiro, que era parada para esses mercadores, preservando até hoje a famosa Bica do Tropeiro. Caçapava, que tem uma das maiores indústrias de vidro do País, também oferece aos visitantes a possibilidade de visitar a sua fábrica da Nestlé, onde se pode fazer um tour pela produção da empresa. Taubaté oferece para o turista, entre outras atrações o Sítio do Pica-Pau Amarelo, já que é a “Capital Nacional da Literatura Infantil” e o Museu Mazzaropi, uma vez que o cineasta montou na cidade o seu estúdio de cinema. São Luiz do Paraitinga tem o Carnaval de rua e a Festa do Divino, em maio, onde tradições tropeiras, religiosas e pagãs se misturam em meio a um casario histórico.
 


Atalhos da página

Rede Corporativa e-Solution Backsite